SOBRE NÓS

The Super Mood Team

 

A verdadeira história da BOWMOOD

O meu nome é Tommy e os meus donos adotaram-me em 2017.

Entre várias escolhas ali estava eu, entre os meus amigos, numa vitrina, numa loja de animais subterrânea. Uma semana atrás tínhamos saído de uma grande quinta a 300 quilómetros de distância.Eles vieram várias vezes só para nos ver naquele triste cubículo. A minha mamã trazia o meu futuro irmão numa barriga enorme e o meu papá tinha nascido na mesmo dia que eu. Foi amor à primeira vista. Quando abriram a vitrina eu saltei logo para o colo da senhora da loja, queria muito que me tirassem dali. E assim foi. No dia 10 de junho saí em liberdade para a minha nova casa. 

Os meus donos escolheram uma cama na loja para que eu pudesse dormir logo confortável desde o primeiro dia. Gostaram de uma cama cinza escuro, mesmo sendo desaconselhados, por causa do meu fabuloso pelo branco.  Quando chegamos a casa compreendi a escolha da cor da cama, estava tudo maravilhosamente decorado e arranjado, aqueles dois eram arquitetos, por isso eu deveria ter adivinhado.  Como ainda era um cachorrinho, fiz todas as asneiras possíveis e imaginárias, roí a cama, fiz xixi nela, levei-a lá para fora, mesmo quando chovia. Dia sim, dia não, a cama tinha de ir para lavar, senti me muito envergonhado, mas não conseguia conter esses impulsos. Um dia a cama desapareceu e passei a dormir confortavelmente no quarto dos meus pais até ao momento que o meu irmão mais novo nasceu, e aí as minhas noites tranquilas acabaram. Estava a ser um Agosto muito quente, por isso arranhei a porta muitas vezes, porque queria ir dormir lá para fora, (eles pensaram que eu deveria querer fazer xixi ou que estava com muito calor), mas na verdade, lá fora estava muito mais silencioso, e com a vantagem de poder ficar de vigia noturna. Entretanto voltou o inverno, e com ele, a minha necessidade de uma cama nova. Desesperados, sem saber bem o que fazer, deram me um pufe que tinham dos tempos em que andavam na universidade.  Saltava para dentro do pufe escondia-me por entre aquelas bolinhas de esferovite, era muito divertido, mas o pufe não era lavável, e substituíram-no por um estofo de cadeira onde colocaram lá dentro as minhas adoradas bolinhas de esferovite.  Mas já não era a mesma coisa, o estofo era curto pequeno e não me conseguia esticar, nem sequer deitar de costas.  Um dia a minha mãe arranjou um novo emprego numa fábrica de colchoaria e chegou a casa, com uma amostra de uma cama, que tinha feito para um famoso jogador de futebol.

Nesse mesmo dia um grande amigo da mamã veio visitar-nos, não sei bem o que se passou mas eles não paravam de tocar e mexer na minha nova cama, e pareceram estar muito entusiasmados com alguma coisa.  Passados dois meses chegou finalmente a cama dos meus sonhos, e desta vez não era um improviso. Foi cuidadosamente desenhada para mim, com todo o conforto que eu sempre mereci. Por dentro e por fora.

BOWMOOS é o meu mood. 

DECLARAÇÃO DA BOWMOOD

BOWMOOD não é apenas “outra marca de cães”.Somos uma empresa jovem e ambiciosa que trabalha diariamente para se tornar o teu o teu cão segundo melhor amigo. Pomos tudo o que somos no mínimo que fazemos.A BOWMOOD é fundada com os seguintes valores:

· Somos jovens e irreverentes, acostumem-se.
· Todos os nossos produtos são feitos à mão na Europa
·Vamos para além do que nos é pedido por vocês.
· Trabalhamos para um amanhã melhor